Compartilhar
Facebook
Twitter
XIII Jornada Paulista de Plantas Medicinais
22/11/2017

Data: 22 a 24 de novembro de 2017
Horário: das 8h às 18h30
Local: UNESP - R. Expedicionários do Brasil, 1621 - Centro, Araraquara - SP, 14801-902

Objetivo:
Contribuir com a atualização e progresso das pesquisas com plantas medicinais no Brasil, servir de estímulo para jovens estudantes, além de promover o encontro de pessoas de diferentes áreas de atuação em discussões que promovam o progresso das pesquisas na área de plantas medicinais.

Data: 22 de novembro de 2017
Horário: das 9h às 18h30

Programação:
9h00 às 9h30:
Abertura
9h30 às10h20: Desenvolvimento de medicamentos a partir da flora medicinal
10h20 às 10h50: Coffee Break
10h50 às 12h00: Novas abordagens terapêuticas na dependência química
12h00 às 14h00: Intervalo para almoço
14h00 às 15h30: Mesa-Redonda: Técnicas Avançadas na Pesquisa de Plantas Medicinais
15h30 às 16h00: Coffee Break
16h00 às 17h00: Domesticação de Plantas Medicinais 
17h00 às 18h00: Apresentações Orais
17h00 às 18h30: Apresentação dos Painéis


Data: 23 de novembro de 2017
Horário: das 9h às 18h30

Programação:
9h00 às 10h30: Mesa Redonda Aspectos Regulatórios e Políticas Públicas sobre Plantas Medicinais e Fitoterápicos 
10h30 às 11h00: Coffee Break
11h00 às 12h00: Quimiometria Aplicada ao Estudo de Plantas Medicinais 
12h00 às 13h45: Intervalo para almoço
13h45 às 14h45: Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANC)
14h45 às 15h45: Escrita Científica
15h45 às 16h00: Coffee Break
16h00: Biotecnologia Aplicada às Plantas Medicinais
17h00 às 18h00: Apresentações Orais
17h00 às 18h30: Apresentação dos Painéis

Data: 24 de novembro de 2017
Horário: das 8h30 às 15h

Programação:
8h30 às 12h30: Minicurso 1: Bioensaios Aplicados ao Estudo de Plantas Medicinais
Minicurso 2:  História natural das Plantas Medicinais do Brasil e Etnobotânica.
Minicurso 3: Técnicas Espectrométricas Aplicadas na Identificação de Produtos Naturais
12h00 às 14h00: Intervalo para almoço
14h00 às 15h00: Professor Francisco José de Abreu Matos e o Projeto Farmácia Viva na Universidade Federal do Ceará

Enquete

Qual o canal de Comunicação da Anfarmag você mais usa?